Histórias que nosso cinema (não) contava

Dir: Fernanda Pessoa
Mostra: Competitiva
80' . 2017 . SP

Sinopse

Uma releitura histórica da ditadura militar no Brasil através apenas de imagens e sons de filmes populares da época considerados “pornochanchada”, o gênero mais visto e produzido no período.

Classificação 16 anos

Exibição: 20 de novembro às 19h

Ficha técnica

Pessoa Produções e Studio Riff
/ Companhia produtora

Fernanda Pessoa,, Julia Borges Araña, Alice Riff
/ Produção executiva

Luiz Cruz
/ Montagem

Érico Theobaldo, Ignácio Sodré (Coletiva Produtora)
/ Edição de som

Festivais e Prêmios

  • Menção Honrosa / Honorable Mention - Festival de Cine Lima Independiente 2017
  • Mostra Aurora - Mostra de Tiradentes 2017
  • Thessaloniki Documentary Festival 2017
  • Cinélatino Rencontres de Toulouse 2017
  • Festival de Brasília 2017
  • Festival du Nouveau Cinéma 2017
  • DocLisboa 2017

fepebarros@gmail.com
/ CONTATO

Fernanda Pessoa

É cineasta e artista visual, mestre em cinema e audiovisual pela Université Sorbonne Nouvelle – Paris 3. Trabalha principalmente com cinema experimental e documental. Atualmente, finaliza seu segundo longa-metragem documental e trabalha em um projeto de documentário interativo, selecionado para a residência LABMIS 2017. Este é seu primeiro longa.