Rio de Janeiro

Dir: Luiz Roque
Mostra: Não acredito em nenhum Deus que não saiba dançar
5' . 2017 . SP

Sinopse

Do Aterro do Flamengo, de um tempo indefinido, uma deusa negra ancestral observa o incêndio que, em 1978, destruiu praticamente todo o acervo do MAM. Encarnando todos os corpos negros e transexuais esquecidos, esse fantasma vingativo ocupa e erotiza o que resta de uma cidade para a qual a vida vale muito pouco.

Classificação 14 anos

Exibição: 18 de novembro às 17h

Ficha técnica

Groch Filmes, MendesWoodDM
/ Companhia produtora

Gustavo Pessoa
/ Fotografia

Erico Teobaldo
/ Som

Paula Stroher
/ Figurino

Juliana Munhoz
/ Montagem

Festivais e Prêmios

  • Estreia em festivais

Luiz Roque

Nasceu em 1979, vive e trabalha em São Paulo. Suas obras habitam o espaço entre cinema, arte e teoria crítica num âmbito de disputas políticas — tanto reais quanto imaginárias —, e comentam as condições dissociativas em que corpos se encontram.  Em seus filmes o artista cruza distintos territórios, como o gênero sci-fi e o legado do modernismo, para capturar e propor enredos engenhosos e imageticamente sensuais. Já expôs nas Bienais de São Paulo e do Mercosul, no MASP e no Kunsthalle  (Viena).