el meraya

Dir: Melissa Dullius, Gustavo Jahn

19' . 2018 . Santa Catarina/Brasil/Egito/Alemanha

Mostra:

Sinopse

A máquina do tempo funciona sobrepondo enigmas, materializando o passado e projetando o futuro. Todas as imagens, anteriores e posteriores, encontram-se para sempre impressas, como os fotogramas em um rolo de filme.

Classificação livre

Exibição
Estação Net Botafogo 1 - Quarta, dia 28, às 21h - com a presença dos diretores
UFRJ/Fundão - Terça, dia 27, às 16h - com a presença dos diretores
Confira a programação completa

Ficha técnica

Distruktur
/ Companhia produtora

Melissa Dullius, Gustavo Jahn
/ Produção executiva

Melissa Dullius, Gustavo Jahn
/ Produção

Melissa Dullius, Gustavo Jahn
/ Fotografia

Melissa Dullius, Gustavo Jahn
/ Som

Gustavo Jahn
/ Montagem

Festivais e Prêmios

  • Festival de Kansk | Grande Prêmio
  • Festival des Cinémas Différents et Expérimentaux 2018
  • Fracto – Experimental Filme
  • Encounter 2018
  • CINEOP – Mostra de Cinema 2018
  • Festival de Cinema Luso-brasileiro de Santa Maria da Feira 2018

Melissa Dullius & Gustavo Jahn
mail@distruktur.com
Fridenstr. 55 Berlin 10249, Alemanha
/ CONTATO

Melissa Dullius, Gustavo Jahn

Melissa (Porto Alegre, 1981) e Gustavo (Florianópolis, 1980) formam Distruktur. Começaram a fazer filmes em Porto Alegre no ano 2000, primeiro em Super 8 e depois em 16mm. Seus trabalhos tomam forma como filmes, instalações, filmes performance, fotografias, textos e impressos. Participaram de festivais como Berlim, Turim, Mostra SP, e de exposições em museus como Berlinische Galerie, SESC e CAC Vilnius. Vivem e trabalham em Berlim.