DEBATE 12 – O QUE PODE O CINEMA? EXPERIMENTAÇÃO E POLÍTICA NO BRASIL ATUAL

Exibição

10 de novembro de 2020 às 20h

Sobre

Para conversar sobre os filmes (In)Consciência e Memby e outra questões, a partir do tema norteador: “O que pode o cinema? Experimentação e política no Brasil atual”, a Semana Semana realiza uma live nesta próxima terça, dia 10 de novembro, às 21h, com a participação dos diretores dos filmes, Jéferson e Rafael Parrode, com a realizadora Gabriela Matos e com o curador chefe da Cinemateca do MAM, Hernani Heffner. A conversa será mediada por Daniel Queiroz, programador desta sessão.

Debatedores

Jéferson - [In]consciência

Diretor dos curtas ‘Jorge’ e ‘[In]consciência’, premiado como Melhor Montagem na Semana dos Realizadores 2018. Desde 2011 no mercado audiovisual, atuando no departamento de câmera. Como Diretor de Fotografia e/ou Operador de Câmera realizei mais de vinte projetos, entre eles os documentários ‘Favela Que Viu Crescer’, ‘Das Nuvens Pra Baixo’, ‘Book of Water’, ‘Mandado’ e ‘Auto de Resistência’. Em 2013 fez parte dos filmes ‘R$ 2,95’, ‘MPL RJ’ e ‘100MIL’. Além dos webdocs; ‘Dona Creuza’, ‘O Maraca é Nosso?’ e ‘Causa e Efeitos – Professores RJ’. Em 2017 fui bolsista na UCLA extension (Universidade da Califórnia em Los Angeles), em programa do Consulado Brasileiro em Los Angeles.

Rafael Parrode - Memby

Pesquisador, curador, produtor e realizador, nascido em Goiânia, Goiás. Na Barroca Filmes, produziu vários curtas e longas-metragens, entre eles Taego Ãwa (2016) e Mascarados (2020). É um dos diretores artísticos e programador internacional do Fronteira Festival. Seu primeiro curta, Bom Dia Santa Maria (2019), estreou na 23.ª Mostra de Cinema de Tiradentes em 2020. Memby é seu segundo filme.

Hernani Heffner - Conservador chefe da cinemateca do MAM

Gerente da Cinemateca do MAM, professor da ABC e idealizador da série lost+found, em finalização.


Gabriela Matos - Fotógrafa e Realizadora

Graduanda em Cinema e Audiovisual pelo Centro Universitário UNA (2019) e Técnico em Produção Cultural com ênfase em Artes Visuais pela Oi Kabum! Escola de Arte e Tecnologia (2014).
Tem a fotografia estática e em movimento como principal área de atuação e desenvolve pesquisas e projetos a partir de temas que permeiam sua vivência, como gravidez na adolescência, juventudes periféricas, feminismos, entre outros.
Em 2018 lançou o primeiro documentário assinando direção, chamado “Favela Em Diáspora”, que aborda a entrada do projeto “Vila Viva” no Morro do Papagaio na visão dos moradores, através do viés do pertencimento.
É uma das fundadoras da RENCA- Produções e Interações Culturais, lançada em 2018. Atualmente finaliza o primeiro longa assinando a direção, chamado “Matriarcas da Serra”, um filme ensaio que fala sobre a história do Aglomerado da Serra na perspectiva das mulheres.”

Daniel Queiroz - Curador e diretor da Embaúba Filmes

Nasceu em Belo Horizonte e começou a trabalhar com cinema no CEC – Centro de Estudos Cinematográficos, na década de 1990. Foi Diretor de Audiovisual da Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais, programador do Cine Humberto Mauro, do Cine 104 e Diretor Artístico do Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte. Desde 2012 é programador do festival Semana de Cinema. Em 2018 passou a atuar na área de distribuição de cinema brasileiro, com a Embaúba Filmes.