DEBATE 31 – DIÁLOGOS CONTEMPORÂNEOS

Exibição

11 de maio de 2021 às 20h

Sobre

Meire Souza (AINDA LUTAMOS: SERRA DOS CAMPOS NOVOS), Flávio Andrade (NUVEM NEGRA), Wllyssys Wolfgang (roteirista e diretor). Mediação: Thiago Rocha (curador e agricultor)

Debatedores

Meire Souza

Formada em Comunicação Social pela UNEB (Universidade do Estado da Bahia), Meire Souza é diretora e roteirista. Um dos seus trabalhos mais premiados é o documentário “Ainda Lutamos: Serra dos Campos Novos”, gravado na cidade de Uauá-BA e premiado nas categoria “Melhor Curta Caatingueiro – Documentário” e “Melhor Curta Caatingueiro – Júri Popular (votação)” no II Cine Caatinga Experiências Audiovisuais no Sertão.

Flávio Andrade

Natural de Fortaleza – CE, é diretor e roteirista audiovisual. Seu primeiro filme foi o curta-metragem Nuvem Negra (2018), onde assinou direção e roteiro. Ele foi premiado no “Cine Caatinga – Experiências Audiovisuais no Sertão” nas categorias “Melhor Curta Caatingueiro – Ficção” “Melhor Diretor Caatingueiro”.

Wllyssys Wolfgang

Doutorando em Educação, Arte e História da Cultura (Mackenzie-SP), mestre em Letras e especializado em Audiovisual (Mackenzie-SP), formado em Comunicação Social (UneB), é roteirista e diretor audiovisual (ficção, anime e docs) com mais de 50 prêmios e indicações pelo Brasil e exterior; dirigiu a série “Natureza Forte” (docs, 2018) em exibição no Canal Futura, disponível no streaming da TV Globo; produziu a série internacional de docs sobre os ‘500 anos da Reforma Protestante’, gravada nos EUA, Alemanha, Suíça e Escócia; escreveu e dirigiu o curta-metragem “Ser Tão Avoador” (drama, 2013), vencedor do Prêmio Formação do Olhar e SescTV no 24º Festival Internacional de Cinema de São Paulo em 2013, além de Júri Popular no Vale Curtas-PE, atualmente em exibição no Canal Brasil; foi um dos diretores do curta “O Experimento” (suspense, 2016), reconhecido nacional e internacionalmente, além de exibido no Cine Petra Belas Artes-SP; foi coordenador e curador do projeto “Cine Caatinga” no sertão baiano e pernambucano, conseguindo levar o audiovisual para quem nunca teve contato com a ferramenta, com público estimado em mais de cinco mil pessoas; também foi professor e orientador de 58 curtas-metragens na Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf); como jornalista dirigiu os programas “Tela Mackenzie” e “Os Profissionais” na TV universitária Mackenzie (11 da NET) vencedor por dois anos consecutivos o Prêmio de Melhor Programa de TV Universitária, em 2015 e 2016 pelo Fest’Aruanda.

Thiago Rocha

Produtor cultural e coordenador do projeto de artes-integradas (audiovisual, fotografia, artes plásticas e experimentos) “Grafias da Caatinga – da xilogravura à fotografia” aprovado no Edital Setorial 2019 – Culturas Identitárias. Participou das gravações da Série de Documentários “Natureza Forte”, em exibição no Canal Futura/Fundação Roberto Marinho e protagonizou o episódio 07 “Sustentabilidade Jovem”. Foi assistente de produção do Documentário “Guerra do Pau de Colher”, gravado em Casa Nova – BA, pela produtora WW Filmes.
É escritor, fotógrafo e poeta do sertão, exaltando a caatinga sobretudo na região de Casa Nova (BA), onde mora na zona rural fundo de pasto – comunidade tradicional.