Rio, uma visão do futuro

10' | 1966 | Rio de Janeiro/RJ

SINOPSE: A visão de futuro do arquiteto Sérgio Bernardes para o Rio de Janeiro. Maquetes e desenhos de aeroportos, portos, e bairros remodelados propõem a criação de uma cidade vertical para o problema urbanístico e a sua transformação num centro internacional de atividades comerciais e
culturais. A recuperação da natureza num Rio de Janeiro mais habitável do ponto de vista humano.

FICHA TÉCNICA

INCE – INSTITUTO NACIONAL DE CINEMA EDUCATIVO/ COMPANHIA
PRODUTORA

NORMA PEREIRA REGO/ DIREÇÃO DE PRODUÇÃO

XAVIER DE OLIVEIRA / ROTEIRO

JOSÉ MAURO/ FOTOGRAFIA E CÂMERA

WALTER GOULART/ SOM

ALBERTO SALVÁ/ MONTAGEM

Xavier de Oliveira

Xavier de Oliveira nasceu no Rio de Janeiro em 1937. Irmão do também diretor Denoy
de Oliveira, entrou para o cinema realizando curtas-metragens, e o primeiro deles foi Escravos de Job, que ganhou o primeiro prêmio no Festival JB-Mesbla. A premiação
foi dirigir um filme para o INCE, e em Rio, uma visão do futuro, o cineasta apresenta o
ambicioso projeto arquitetônico para o Rio de Janeiro feito pelo arquiteto Sérgio
Bernardes. Antes de estrear como diretor de longas-metragens, foi ator e roteirista.
Em 1970, escreveu e dirigiu o seu primeiro longa, Marcelo Zona Sul, que foi um
sucesso nacional de público e de crítica.