SESSÃO 34 – MARGEM: NARRATIVAS, GEOGRAFIAS E ROTAS DE COLISÃO

25 de maio a 01 de junho de 2021

Curadoria

Fran Nascimento
araras

Sobre

Todas as periferias, afluentes e ruas da cidade de Sobral vão dar na Margem, esse ponto de encontro, resgate, fuga e fusão de histórias fictícias e reais. Carregando consigo, a vida dos que já se foram nas águas, as rimas soltas nas batalhas, saraus e slams, os risos, os choros, as decepções, as festas, a Margem se constitui geograficamente como uma rota de colisão da sociedade sobralense, como um corpo pulsante ocupado por inúmeros imaginários urbanos e narrativas marginais.

A sessão “Margem: narrativas, geografias e rotas de colisão”, curada por Fran Nascimento, apresenta dois filmes feitos por realizadories do Ceará: “Ser da Margem”, de Thamires Coimbra e “Rio-Coral”, de Kulumin-Açu. Os filmes são um mergulho nas encantarias das águas do rio Acaraú, nas histórias marginais da Margem e nos fluxos urbanos sobralenses.

Filmes e debate

SER DA MARGEM

47′ | 2020 | Sobral (CE)

Direção

Thamires Coimbra e Lucas Melo

Classificação

14 anos

RIO-CORAL

5′ | 2020 | Sobral (CE)

Direção

Kulumim-Açu

Classificação

Livre

MARGEM: NARRATIVAS, GEOGRAFIAS E ROTAS DE COLISÃO

01 de junho de 2021 às 20h

Debatedores

Kulumin-Açu (RIO-CORAL); Thamires Coimbra (SER DA MARGEM); Lucas Melo (SER DA MARGEM). Mediação: Fran Nascimento (Curadoria)

Classificação

Livre